Skip to content
Você está em: Pagina Inicial
Caraguá News
24/11 - À beira da rodovia, bairro concentra migrantes
25 de Novembro de 2007

No meio da serra do Mar, à beira da rodovia Rio-Santos, em Caraguatatuba (173 km de SP), está a "Bicicletaria do Bahiano". Porta de entrada do empobrecido e violento bairro Olaria, está rodeada de baianos.
O dono é José Antônio dos Santos, 35, também conhecido como "Tonho do Churrasco" -baiano, é claro, de Camacã (519 km de Salvador).
Há 16 anos na cidade, Tonho tem sua parte no crescimento desordenado da ocupação no litoral paulista. Pouco após se fixar em Caraguá, levou mãe, irmão, irmã e cunhado para o município. Ao longo dos anos, buscou pelo menos mais dez parentes. Todos foram com a esperança de uma vida melhor.
Casado, pai de três filhos, Tonho diz que vive bem. Para isso, faz de tudo: conserta bicicleta, vende queijo e CD pirata na praia, faz serviço de lotação. Não pára de trabalhar nem para falar com a reportagem.
Com tesoura e borracha em mãos, remenda pneus durante os 30 minutos de conversa com a Folha na quinta-feira.
Ele conta que, na vila, o que mais tem é mesmo baiano -e trabalhador. "Olha outro ali", diz, apontando para um ambulante que leva espigas de milho em uma bicicleta. "Está indo para a praia."
Com o tempo ruim, Tonho prefere ficar pelo bairro. Mas afirma que, com sol, chega a ganhar até R$ 150 por dia na areia. Por mês, fora da temporada, tira quase R$ 1.000 com a bicicletaria. E ainda fatura outros R$ 100 com uma lotação irregular, que leva os moradores para a construção civil. Muito mais que os R$ 10 por dia que recebia na roça baiana.

Rua dos mineiros
Também há muitos mineiros no bairro da bicicletaria do baiano Tonho. Há até uma rua só para eles. A indicação é seguir pela viela principal até o final e virar à direita. De carro, a reportagem pára em um bar e pergunta ao rapaz à frente da mesa de bilhar de onde ele é.
Sebastião Rodrigues dos Santos, 34, responde: "Téofilo Otoni [473 km de Belo Horizonte]". É a "rua dos mineiros". Outros três conterrâneos de Santos jogam sinuca no local.
Casado, pai de um filho, ele não foge à regra: chegou depois do irmão, há cinco anos. Ficou.

Pobreza
Maior cidade do litoral norte, Caraguá exibia em 2000, no último Censo do IBGE, indicadores sociais abaixo da média paulista, com renda média per capita de 2,16 mínimos contra 2,92 do Estado. E 20% das casas estavam sem infra-estrutura urbana adequada -no Estado, o índice era de 10,7%.
 
 
Fonte: Da agencia folha em Caraguatatuba - Folha de São Paulo

 
24/11 - Boom do petróleo ameaça favelização no litoral
25 de Novembro de 2007

O litoral norte de São Paulo está às vésperas de um novo impasse. Na verdade, revê um desafio que já enfrentou e perdeu: como conciliar grandes obras de infra-estrutura e a injeção maciça de investimentos e, ao mesmo tempo, impedir os fluxos migratórios que engrossaram as favelas nos morros da serra do Mar nos anos 70.
Há três décadas, os atrativos eram a rodovia Rio-Santos e o porto de São Sebastião.
Foi dali que surgiram as favelas no entorno de Barra do Saí, Juqueí e Maresias, costa sul de São Sebastião, local das praias com terrenos mais valorizados do Estado.
Agora, é a vez do boom de petróleo e gás, com a descoberta de grandes reservas na bacia de Santos, a duplicação da rodovia dos Tamoios (SP) e a ampliação do porto de São Sebastião.
São obras que tendem a atrair grandes contingentes de trabalhadores da construção civil, mesmo grupo que, a partir dos anos 70, se fixou nos morros por falta de opção.
É graças a esse fluxo que as quatro cidades do litoral norte -São Sebastião, Ilhabela, Ubatuba e Caraguatatuba- exibem a maior taxa de crescimento populacional do Estado, com média de 3,69% ao ano, segundo dados do IBGE. O Estado cresce 1,52% ao ano.
A especulação imobiliária do "boom do petróleo e do gás" já começou em Caraguá, onde um apartamento de dois dormitórios passou de R$ 120 mil para R$ 190 mil.
É um risco admitido pela própria Petrobras. Só a construção da unidade de tratamento de gás, em Caraguá, e do gasoduto que irá a Taubaté (SP) vai mobilizar 4.300 pessoas.
Caraguatatuba, 95 mil habitantes, pode crescer até 40% nos próximos anos, estima a Petrobras. Em Maresias, a maioria das casas irregulares está longe da orla. Mas é lá que está o maior número de pessoas em áreas invadidas: até 4.000 moradores.

(José Ernesto Credendio, Afra Balazina, Thiago REis e Fábio Amato)
 
Fonte: Folha de São Paulo 

 
23/11 - Migrantes do mar
24 de Novembro de 2007

A EXPANSÃO das atividades portuárias e das ligadas ao petróleo, ao gás e ao turismo transformam o litoral norte paulista num pólo de atração de migrantes. O fenômeno merece atenção das autoridades, seja para evitar os erros do passado, seja por tratar-se de um bioma riquíssimo e ameaçado.
A população de Ilhabela, São Sebastião, Ubatuba e Caraguatatuba cresce a 3,7% ao ano, velocidade 140% superior à média do Estado. Grandes obras de infra-estrutura previstas para os próximos três anos -a unidade de tratamento de gás de Caraguatatuba, o gasoduto ligando esta cidade a Taubaté, a duplicação da rodovia Tamoios e a ampliação do porto de São Sebastião- vão incrementar essa tendência.
Se for confirmada a expectativa, despertada após a descoberta da jazida de Tupi, acerca de uma gigantesca província de petróleo em alto-mar, a migração poderá ganhar contornos explosivos. Mesmo antes da consecução dos megaprojetos, a ocupação irregular das encostas da Serra do Mar próximas das cidades-pólo e das praias mais freqüentadas do litoral norte já é preocupante.
As prefeituras dos quatro municípios, o governo e o Ministério Público estaduais estudam um plano para evitar a expansão desses assentamentos, detectando invasões tão logo aconteçam e intervindo de pronto. Cogitam transferir moradores de áreas invadidas para conjuntos habitacionais e acelerar a regularização de terrenos onde for possível.
As autoridades poderiam discutir, também, como será a partilha do aumento de receitas públicas -provenientes de royalties e impostos- que virá com o novo impulso econômico. Deveriam ser canalizadas, prioritariamente, para projetos de habitação, educação e saneamento.
 
Fonte : Folha de São Paulo 

 
23/11 Caraguá pagará cerca de R$ 500 mil em reposição salarial
24 de Novembro de 2007

Com a aprovação do Estatuto do Servidor, os funcionários públicos da Prefeitura de Caraguatatuba terão mais vantagens a partir de janeiro de 2008, entre elas, o adicional trintenário.
A Prefeitura de Caraguatatuba conseguiu a aprovação do Estatuto do Servidor na Câmara Municipal e, a partir de janeiro de 2008, o documento passa a vigorar trazendo muitos benefícios para o servidor municipal.
Entre as emendas aprovadas destaca-se o adicional trintenário, pelo qual em janeiro do próximo ano, mais de 20 servidores públicos terão direito a um aumento salarial de 20%, por 30 anos de trabalho na Prefeitura de Caraguatatuba. Com essa bonificação, só em 2008, a Administração Municipal arcará com um gasto de R$ 50 mil a mais na folha de pagamento.
Outro benefício para o funcionário municipal está relacionado ao adicional de tempo de serviço. Segundo explicou o Secretário de Administração, Pedro Ivo de Sousa Tau, antigamente o adicional por tempo de serviço era pago a cada cinco anos de trabalho. “Com o novo Estatuto, pagaremos ao servidor um adicional de 5% de aumento a cada três anos de trabalho e, só nesse item do documento mais de 1000 funcionários serão beneficiados”, explicou Tau, completando “esta vitória da administração é uma luta do prefeito Aguilar desde que assumiu a Prefeitura de Caraguá. O Executivo quer investir no funcionário e garantir direitos e benefícios a quem trabalha pelo município”, concluiu.
A melhor notícia para os funcionários da Administração Municipal é que, a partir de janeiro de 2008, os 2200 servidores receberão 10% de aumento, sendo 3% de reposição salarial obrigatória, e 7% a mais, que o prefeito Aguilar completará, para atingir 10%. Para o Aguilar, esses 10% representam o gesto de prefeitura em acreditar no servidor público e valorizá-lo. “Não podemos ampliar este benefício, mas a intenção é mostrar que cada funcionário público vale muito para o Executivo Municipal”, finalizou o prefeito.

Fonte: Prefeitura Municipal de Caraguatatuba

 
23/11 Mostra Cultural do Programa “Trânsito Legal”
24 de Novembro de 2007

Já estão definidos os finalistas para a Mostra Cultural do Programa Trânsito Legal, que será realizada no dia 3 de dezembro no Teatro Mario Covas, a partir das 19h. Os trabalhos que participarão do evento foram escolhidos a partir das apresentações que aconteceram nas cerimônias de formatura ocorridas nas Unidades Escolares de Caraguatatuba no mês de novembro.
As seis escolas, que foram destaques entre os 21 trabalhos apresentados, e ganharão troféus são: EMEF Prof. Oswaldo Ferreira, Jorge Passos, Dr. Carlos de Almeida Rodrigues, Maria Aparecida Ujio, Prof. João Benedito Marcondes e Profª. Edna Maria Nogueira Ferraz.
O Programa Trânsito Legal é realizado anualmente nas escolas municipais de Caraguatatuba pela Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria da Educação em parceria com a DITRAN (Divisão de Trânsito de Caraguatatuba). Desde sua implantação já atendeu cerca de 10 mil alunos. Neste ano, dois mil estudantes participaram das aulas que são ministradas pelos agentes de trânsito em 20 escolas, totalizando um atendimento a 63 salas de aulas.
As cerimônias de formatura tiveram início no dia 6 de novembro na EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Benedito Inácio Soares e passaram por toda a cidade, encerrando-se na quarta-feira (21) na EMEF Profª. Edna Maria Nogueira Ferraz. Os finalistas foram escolhidos ontem (22), na Secretaria da Educação, onde foi feita a contagem dos pontos com a presença dos jurados, agentes de trânsito e representantes das Unidades Escolares.
No dia da Mostra Cultural, além dos troféus, as três melhores esquetes serão premiadas, respectivamente, com os seguintes passeios: 1º lugar – Parque de diversões Playcenter, em São Paulo; 2º lugar - Ilha Anchieta, em Ubatuba; e 3º lugar - Cinema de Caraguá.

Fonte: Prefeitura Municipal de Caraguatatuba

 
<< Início < Anterior 651 652 653 654 655 656 657 658 659 Próximo > Fim >>

Litoral Norte

Mudanças | Fretes

Mudanças e Carretos para o Litoral Norte de SP

Estradas Ao Vivo

Guia Comercial

Anúncie Grátis

2ª Via IPTU Caraguá

2 via IPTU de Caraguatatuba

Bairros de Caraguá

Bairros de Caraguatatuba

Caraguatatuba | Hospedagem | Hotéis Flats Pousadas | Praias » Prainha, Palmeiras, Indaía, Tabatinga, Mococa, Cocanha, Praia Martin de Sá, imóveis, imobiliarias, Temporada